Política de Privacidade

A sua privacidade é uma prioridade para Brudam, uma empresa de Brasil com sede em ,, e número de identificação de pessoa coletiva 06367953000179 (doravante designada por "Empresa"). A "Empresa" é o Responsável pelo Tratamento dos dados pessoais dos candidatos (os "Candidatos") e compromete-se a respeitar os mesmos, para os tratar com máximo cuidado e proporcionar o melhor nível de proteção, em conformidade com o Regulamento 2016/679 de 27 de abril de 2016 relativo à proteção de pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados (adiante designado por "RGPD") e demais legislação nacional aplicável.
Esta nota de privacidade fornece informações sobre os dados pessoais que recolhemos e as finalidades para o seu processamento, bem como os seus direitos e os meios para os exercer. Por favor, leia atentamente as informações seguintes para compreender a nossa interpretação e práticas em relação aos seus dados pessoais e como iremos tratar os mesmos. Quaisquer questões relacionadas com o processamento dos seus dados pessoais podem ser enviadas para o seguinte endereço de e-mail: daniel@brudam.com.br.

1. Finalidades do tratamento e fundamento jurídico

A Empresa recolhe e utiliza os seus dados pessoais no âmbito da sua candidatura a um emprego atual ou futuro na Empresa. O fundamento jurídico para o tratamento dos seus dados pessoais para efeitos de uma candidatura efetiva é a execução de uma medida pré-contratual (Artigo 6.1. b) RGPD). A base legal para o processamento dos seus dados pessoais (armazenamento) para efeitos de uma futura vaga é o consentimento (Art. 6.1. a) RGPD). Determinadas informações (por exemplo, estado do visto, autorizações de trabalho, etc.) serão recolhidas e processadas para fins de cumprimento de uma obrigação legal (Art. 6.1. c) RGPD).

2. Dados pessoais tratados

A Empresa trata os seguintes dados pessoais no âmbito de um processo de recrutamento:
• Dados de identificação pessoal;
• Morada e endereço de e-mail;
• Número de telefone;
• Vídeo (no caso das entrevistas serem realizadas por este meio);
• Características demográficas;
• Nacionalidade e, se necessário, prova de identidade, autorização de trabalho e documento de residência (inspeção obrigatória prevista pela lei sobre a contração de funcionários estrangeiros);
• Currículo, carta de apresentação, informações sobre educação/graus académicos e experiência profissional;
• Informação que partilha em entrevistas de candidatura, currículos ou através de correspondência postal;
• Fotografias;
• Dados psicológicos;
• Passatempos e interesses;
• Informação sobre si, acessível publicamente na Internet;
• Registo criminal (se legalmente aplicável);
• Referências (apenas com o seu consentimento);
• Detalhes da sua visita ao nosso website ou aos nossos websites destinatários (por exemplo, dados de tráfego, dados de localização, registos web, etc.);
• Dados das redes sociais (LinkedIn).

3. Destinatários

A Empresa poderá conceder a subcontratantes, o acesso aos seus dados pessoais para o processamento em nosso nome e de acordo com as nossas instruções. Dependendo das suas circunstâncias particulares, um ou mais dos seguintes, podem ser destinatários dos seus dados:
Factorial HR, Plataforma de Recursos Humanos, Espanha
Sendgrid (Twilio), Serviço de Entrega de E-mail, Irlanda
Amazon Web Services (AWS), Alojamento de Serviços Web, Alemanha

4. Criação de perfis e decisão automática

Alguns dos nossos fornecedores permitem-nos selecionar os candidatos considerados adequados com base em critérios expressamente identificados por nós, ou típicos em relação ao papel para o qual se candidatou. O processo de seriação de candidatos adequados é automático, no entanto, qualquer decisão sobre quem iremos contratar para preencher a vaga de emprego será tomada pela nossa equipa. Este processo é realizado com base no interesse legítimo, a fim de facilitar o reconhecimento dos candidatos com maior potencial para serem contratados. Este não avalia as características-chave de um indivíduo e é completamente anónimo.

5. Segurança

A Empresa tomou as medidas adequadas para garantir que todos os dados pessoais sejam mantidos em segurança, incluindo medidas de segurança para evitar que os dados pessoais sejam acidentalmente perdidos, utilizados ou acedidos de forma não autorizada. Nós limitamos o acesso aos seus dados pessoais a quem têm uma necessidade genuína de conhecer os seus dados. Quem processa os seus dados só o fará de forma autorizada e estará sujeito a um dever de confidencialidade.
A Empresa também tem procedimentos aplicáveis em qualquer suspeita de violação de segurança de dados. Quando aplicável, iremos notificá-lo a si e qualquer regulador apropriado de uma suspeita de violação de segurança de dados.

6. Transferências internacionais de dados

A Empresa aloja a sua plataforma e os seus dados pessoais no Espaço Económico Europeu, mais especificamente na Região EU-West1 da Amazon Web Services, em Frankfurt, Alemanha.

7. Período de armazenamento

Se a sua candidatura for bem sucedida, incluiremos todas as informações obtidas sobre si durante o processo de seleção no seu ficheiro de Colaborador. Se a sua candidatura não for bem sucedida, armazenaremos os seus dados pessoais não mais do que o necessário para os fins para os quais foi processada, caso tenha dado o seu consentimento para este efeito.

8. Os seus direitos

Sob o RGPD, tem certos direitos relativamente ao processamento que fazemos dos seus dados pessoais:
Direito a ser informado: Tem o direito a receber informações claras, transparentes e de fácil compreensão sobre como utilizamos os seus dados pessoais e quais os seus direitos.
Direito de acesso: Tem o direito de obter acesso aos seus dados pessoais.
Direito à retificação: Tem o direito à retificação dos seus dados pessoais se estes estiverem incorretos ou incompletos
Direito de eliminação: Este direito permite-lhe solicitar a eliminação ou remoção dos seus dados pessoais quando não existe uma razão imperiosa para os continuarmos a utilizar. Este direito de eliminação não é absoluto e poderão aplicar-se exceções.
Direito de restringir o tratamento: Tem o direito de 'bloquear' ou suprimir a utilização posterior dos seus dados pessoais. Quando o tratamento é restrito, ainda podemos armazenar os seus dados pessoais, mas teremos de deixar de os utilizar.
Direito à portabilidade dos dados: Tem o direito de obter e reutilizar os seus dados pessoais para os seus próprios fins através diferentes serviços.
Direito de oposição ao processamento: Tem o direito de se opor a determinados tipos de tratamento.
Direito de apresentar uma queixa: Tem o direito de apresentar uma queixa sobre a forma como tratamos ou processamos os seus dados pessoais com a sua autoridade nacional de proteção de dados.
Direito de retirar o consentimento: Se deu o seu consentimento para qualquer coisa em que utilizemos os seus dados pessoais, tem o direito de retirar o seu consentimento a qualquer momento.
Direito de não estar sujeito à decisão automática: Tem o direito de não estar sujeito a uma decisão baseada unicamente no processamento automatizado (incluindo a definição de perfis) que produz efeitos legais (ou igualmente significativos) para si.
A Empresa geralmente atua sobre pedidos e fornece informações gratuitamente, mas pode cobrar uma taxa razoável para cobrir os nossos custos administrativos de facultar as informações em:
• pedidos sem fundamento ou excessivos/repetidos; ou
• cópias adicionais da mesma informação.
Pode endereçar as suas comunicações e exercer os seus direitos enviando uma comunicação escrita para o seguinte endereço de e-mail daniel@brudam.com.br. Em alguns casos, o pedido pode ser recusado se solicitar a eliminação de dados necessários para o cumprimento de obrigações legais.

9. Queixas à Autoridade de Supervisão da Proteção de Dados

A Empresa procura resolver qualquer questão ou preocupação levantada em relação à utilização das suas informações pessoais. Cada pessoa tem o direito de apresentar uma queixa a uma autoridade de supervisão. Se considerar que o nosso processamento dos dados em questão viola as disposições da lei de proteção de dados, pode fazer valer este direito de apresentar uma queixa a uma autoridade de supervisão no Estado Membro onde está domiciliado, no seu local de trabalho ou no local da alegada violação.